Pssst? Queres ser milionário antes dos 30?

Tornares-te milionário é difícil. Consegui-lo antes dos 30 mais difícil ainda… Mas não é impossível!

Os elementos da banda britânica One Direction, por exemplo, têm menos de 30 anos e são milionários, tal como a cantora Adele e isto sem falar de Mark Zuckerberg, o criador do Facebook ou mesmo Steve Jobs que ganhou o seu primeiro milhão aos 23 anos.

montes-de-dinheiroSe também gostavas de te tornar milionário antes dos 30, não fiques sentado à espera de um milagre, a rezar ou a jogar no Euromilhões semanalmente. Levanta-te e arregaça as mangas! Apesar de ser um grande desafio, é possível arrecadares na tua conta bancária o primeiro milhão antes dos 30, se desenvolveres corretamente os três pilares para o sucesso financeiro: poupar dinheiro, investir dinheiro e ganhar dinheiro. E para isso, é necessário que sigas à risca estas 12 dicas:

“Se nasceste pobre o erro não foi teu, porém, se morreres pobre o erro foi todo teu” (Bill Gates)

  1. Nada de empregos “normais”

Se tens um emprego normal, ou seja, um ordenado garantido no final do mês, as hipóteses de ficares milionário são mínimas porque em vez de investires em ti mesmo, estás a enriquecer o teu patrão. É claro que é preciso coragem, mas não és tu quem quer ser milionário antes dos 30?

  1. Acredita que vais ser milionário

Não deixes espaço para o “posso vir a ser milionário”. Tens de acreditar que já és milionário! Neste processo inicial a tua motivação e autoestima são tudo. Acreditar na capacidade de alcançar o sucesso, é um traço essencial num verdadeiro empreendedor.

  1. Arranja uma fonte de rendimento

Se não tens nenhuma fonte de rendimento, encontra-a e economiza pelo menos 25% dos teus ganhos para aplicares no mercado financeiro.

  1. Aumenta os teus rendimentos

Aumenta os teus rendimentos progressivamente. Controla as tuas receitas e fica atento a novas oportunidades.

  1. Nada de gastos supérfluos

Grande parte dos milionários garante que não adquiriu o primeiro carro de luxo até os seus negócios estarem com uma renda segura. Por isso, já sabes, não esbanjes!

  1. Investe

A única razão para economizares dinheiro é para investires. Toma nota! Para isso, coloca o teu dinheiro em aplicações seguras e não uses as tuas economias nem para uma emergência. Isso vai forçar-te a continuar a aumentar a renda.

  1. Evita dívidas

Não contraias dívidas… a não ser que seja para gerar dinheiro. Lembra-te que as pessoas ricas usam dívidas para alavancar investimentos e as pessoas pobres têm dívidas para comprar coisas que fazem as pessoas ricas ficarem mais ricas. Essa é que é essa!

  1. Trabalha muito

Vais ter de trabalhar muito para seres milionário. A partir de agora não existem fins de semana nem feriados para ti, combinado?

  1. Vigia a tua saúde

Para conseguires ganhar dinheiro e teres energia para tomares decisões que gerem ainda mais dinheiro, é essencial teres cuidados com a tua saúde. Não sejas sedentário, alimenta-te bem e cuida do teu corpo.

  1. Procura um mentor milionário

Estuda as atitudes de empreendedores milionários que estimes, vão ensinar-te como prosperar.

  1. Decide-te por um negócio

Fica atento ao que as pessoas precisam e não ao que queres fazer para vender, na hora de te decidires por um negócio. Escolhe algo que dê aos consumidores o que eles realmente querem e prepara-te para fazer o melhor que puderes para que os teus produtos ou serviços tenham sucesso. Investe numa indústria emergente, por exemplo, onde os ganhos podem ser proporcionais ao risco ou foca-te na indústria tecnológica, pois regra geral as startups de tecnologia são atividades ainda pouco exploradas e com grandes oportunidades. A par, podes investir também em ações ou simplesmente aproveitar uma oportunidade única. Nunca tenhas medo de confiar na sorte nem de seguires as tuas paixões.

  1. Diversifica os teus investimentos

A melhor maneira de enriquecer rapidamente e ao mesmo tempo não empobrecer é diversificar os investimentos.

Então, preparado para alcançar o primeiro milhão?



AVISO:Todos os artigos publicados são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento.